Yom Kippur – Dia do Perdão

por Robert D. Heidler




2022: do pôr do Sol do dia 4 ao fim do dia 5/Outubro.


A importância do Dia da Expiação


O Dia da Expiação é o dia MAIS SANTO do ano. A palavra “santo" significa "separado, especial, como nenhum outro”. O Dia da Expiacão é o dia mais "especial” do ano. É o dia que o SENHOR estabeleceu para um propósito muito importante.


Diferentemente de outros "tempos de encontro” no calendário de DEUS, o Dia da Expiação não é uma FESTA, mas um JEJUM! O Dia da Expiação não é um dia para nos alegrarmos e celebrarmos. É um dia para nos humilharmos diante de Deus através do jejum. Em Israel era OBRIGATÓRIO para todos a guarda do Dia da Expiação. Não era algo opcional. DEUS levou esse dia muito a sério.


Importante ainda é destacar que o Dia da Expiação foi estabelecido como uma ordenança perpétua para todas as gerações. Quatro vezes Deus nos diz especificamente que não é uma ordenança temporária. A vinda de Jesus cumpriu essa ordenança, mas não a aboliu! Ao cumprir essa ordenança, Jesus a abriu para todos os que creem, e INSERIU nela um novo significado. Deus a estabeleceu com o propósito de abençoar o Seu povo em todas as gerações! O desejo do SENHOR é que tenhamos, a cada ano, uma nova experiência da Sua expiação, do Seu perdão. O Dia da Expiação teve também o propósito de responder à questão: