A Páscoa / Pessach

PASSANDO O SANGUE DE JESUS SOBRE OS CORAÇÕES

 

Hoje na mesa do cordeiro, nesta festa bíblica, Páscoa, vamos tirar um tempo para pensar e orar na perspectiva da redenção que temos no sacrifício perfeito, divino e permanente de Cristo. O ponto de virada, libertação da escravidão e cativeiro de Israel foi estabelecido como Páscoa. Hoje no Brasil e nas nações buscamos a mesma coisa, o livramento da adversidade, e assim vamos para debaixo do sangue do Cordeiro de Deus – Cristo!


Agora, de Brasília, capital federal, estamos gerando uma conexão espiritual com Jerusalém, acessando uma janela de tempo para redenção dos destinos da nação. Desperte povo de Adonai! Desperte povo de Adonai para viver seu propósito nesta nação! Precisamos continuar tendo uma mente cristã, confiantes no sacrifício de Cristo para hoje e até Sua volta!

O sacrifício de Cristo é eficaz para sempre!

“Portanto, se fez necessário que as representações das construções que estão no céu fossem purificadas mediante tais sacrifícios, mas os próprios elementos celestiais, por meio de sacrifícios muito superiores a estes. Pois Cristo não adentrou a um santuário erguido por mãos humanas, uma simples ilustração do que é verdadeiro; Ele entrou nos céus, para agora se apresentar diante de Deus em nosso benefício; Ele também não se ofereceu muitas vezes, como procede o sumo sacerdote que entra no Santo dos Santos de ano em ano portando sangue alheio. Ora, se assim fosse, seria necessário que Cristo sofresse muitas vezes, desde o início do mundo. Mas agora Ele manifestou-se de uma vez por todas, no final dos tempos, para aniquilar o pecado por intermédio do sacrifício de Si mesmo. E, assim como aos homens está ordenado morrer uma só vez, vindo, depois disso o Juízo, assim também Cristo foi oferecido em sacrifício uma única vez, para tirar os pecados de muitas pessoas; e aparecerá segunda vez, não mais para eximir o pecado, mas para brindar salvação a todos que o aguardam!” - Hebreus 9:23-28


A expiação feita por Cristo é divina e permanente!


“Jesus, no entanto, havendo oferecido para sempre, um único sacrifício pelos pecados, assentou-se à direita de Deus, aguardando, daí em diante, até que seus inimigos sejam submetidos por estrado de seus pés. Porquanto, com uma única oferta, aperfeiçoou por toda a eternidade todos quantos estão sendo santificados. E disso, igualmente, nos dá testemunho o Espírito Santo, por